Informação foi dada por presidente da Obra Romana de Peregrinação. Ele foi o responsável por beatificar João Paulo II.

O papa emérito Bento XVI participará da cerimônia de canonização de seus antecessores João Paulo II e João XXIII no próximo domingo (27) na Praça de São Pedro do Vaticano.

Assim confirmou nesta quarta-feira (23) o presidente da Obra Romana de Peregrinação (ORP), Liberio Andreatta, que destacou que a Praça de São Pedro contará com a presença de "dois papas vivos e dois papas santos".

"Roma viverá um evento histórico: Dois papas vivos e dois papas santos. Imagino que emoção sentirão Bento XVI e Francisco", disse Andreatta, que dirige esta instituição do Vicariato de Roma que organiza peregrinações aos principais lugares de culto e também está se ocupando da cerimônia do próximo domingo.

O porta-voz do escritório de imprensa do Vaticano, Federico Lombardi, explicou nesta terça que embora Bento XVI tenha sido convidado para a canonização, sua presença não era garantida até no domingo de manhã já que tudo dependeria do que o papa emérito decidisse.

No entanto, Andreatta confirmou sua presença durante uma entrevista coletiva organizada pelo Vaticano para apresentar os detalhes logísticos deste grande evento da Igreja Católica.

Joseph Ratzinger vive após sua renúncia, em 28 de fevereiro de 2013, em um tranquilo mosteiro nos jardins vaticanos, e durante o último ano apareceu em várias ocasiões junto com Francisco.

Fonte: G1

Foram nomeados 73 policiais e 29 agentes penitenciários concursados. Entre os concursados da polícia, a maioria é agente de investigação.

O governo da Paraíba nomeou 73 policiais civis e 29 agentes penitenciários aprovados em concursos realizados em 2008. As nomeações foram publicados no Diário Oficial do Estado que circulou nesta quarta-feira (23), mas com data do domingo (20).

As nomeações dos concursados da Polícia Civil acontece menos de 15 dias depois de governo e aprovados entrarem em acordo na Justiça. Foi definido que elas acontecerão de forma escalonada, em três etapas, até o dia 21 de junho.

Nesta primeira etapa, foram nomeados 12 delegados, 44 agentes de investigação, nove escrivães, quatro necrotomistas e quatro peritos criminais, totalizando 73 servidores concursados da Polícia Civil.

Segundo o governo da Paraíba, com as 102 nomeações já passam de 10 mil o número de servidores que ingressaram na administração estadual por concurso, desde o ano de 2011.

Fonte: G1


Acusados estavam com várias pedras de crack e maconha na comunidade Riachinho, na Capital.

Dois homens e uma mulher foram presos em flagrante, na tarde desta quarta-feira (23), com um revólver calibre 38, várias pedras de crack e maconha na comunidade Riachinho, no bairro Treze de Maio, em João Pessoa.

Segundo informou o tenente Márcio Alcântara, da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas (Rotam) do 1º Batalhão, foram presos Fagner Fernando Dias, 24 anos; Rutenes Ferreira Nascimento, 24; e Sonary Alves Lucena, de 20 anos. “Eles estavam em uma casa que servia como ponto de venda de drogas e lá encontramos a arma e os entorpecentes. Chegamos até o local após abordar um dos suspeitos, que tentou correr quando percebeu nossa presença”, contou.

Os dois homens presos já têm passagem pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. O trio foi levado para a 2ª Delegacia Distrital, no centro de João Pessoa.

Armas apreendidas – O último balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, no começo deste mês, apontou que de janeiro de 2011 até março deste ano já foram apreendidas 8.507 armas de fogo pelas polícias militar e civil, na Paraíba.

Fonte: Secom-PB/WSCOM

Os policiais não sofreram ferimentos. Açude fica localizado na Zona Rural de Cajazeiras.

Uma viatura do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) caiu dentro do açude Santo Antônio, na cidade de Cajazeiras, na madrugada desta quarta-feira (23). O córego fica às margens da rodovia BR-230.

De acordo com informações da Polícia Militar, o fato ocorreu por volta das 0h30, quando a guarnição foi atender uma ocorrência de falta de energia no presídio Padrão de Cajazeiras.

No momento do acidente estava chovendo e o motorista perdeu o controle vindo a cair dentro do açude. Os policiais não sofreram ferimentos.

Fonte: Diário do Sertão

Senador diz que não faz questão de continuar no Senado.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) sentenciou na tarde de hoje durante entrevista ao programa Correio Verdade da 98 FM: O PSDB terá que escolher se quer uma candidatura a governador ou a senador. Ele destacou que não há espaço dentro do partido para a candidatura dele a governador e a de Cícero a Senador e chegou a declarar que não terá problema de continuar no Senado, caso o partido opte pela candidatura de Cícero.

"Já foi o tempo que tínhamos hegemonia política para formar chapa partidária. O senador Cícero tem o direito legítimo de ser candidato, mas não vejo como algo viável. É preciso que o partido analise quais são as possibilidades de disputa real sem o partido ficar no isolamento", declarou.

"O partido vai decidir se quer ter um candidato a governador, ou a senador. Eu não vou ser problema", disse o tucano deixando claro que não há espaço para ele e Cícero dentro do partido.

Cunha Lima afirmou ainda que não terá problema em seguir com seu mandato no Senado. "Se o partido priorizar a candidatura ao Senado, não tenho dificuldade de continuar meu mandato".

Fonte: WSCOM Online

O suspeito de furtar eletrodomésticos de uma loja do setor Rodoviário de Araguaína, no norte do Tocantins, sorriu ao ser preso e ironizou: "Eu já fiz muita coisa, roubei uma joalheria de um cara lá. O que eu faço não me arrependo, não. Vou fazer é de novo".

Joséias Campos dos Santos Júnior, de 18 anos, foi detido na noite de terça-feira (22/04). Um menor de 16 anos também foi apreendido por suspeita de participação no crime. Joséias foi encontrado com um computador e encaminhado à delegacia da cidade, onde confessou os crimes com um sorriso no rosto.

Após a prisão do jovem, a polícia identificou dois suspeitos de receptar os objetos furtados. Segundo o policial militar Giuliano Barbosa, um receptador comprou o produto do suspeito. Além disso, um primo de Joséias informou à PM que suspeitava que Joséias também havia furtado a casa dele.

Ele confirmou, fomos à casa de outro receptador e foi localizado um Playstation. Depois, em um bar, eles beberam, não pagaram e deixaram uma câmera digital para acertar as contas", disse o policial.

O delegado plantonista Fernando Rizério, que atendeu a ocorrência, afirmou que os suspeitos não seriam encaminhados à prisão pelas circunstâncias em que foram pegos. "Se o autor do furto tivesse sido pego cometendo o fato ou logo após, com os objetos, ou [sendo] perseguido, estaria preso. O problema é que demorou muito tempo para que ele fosse localizado, nem sempre a polícia consegue pegar [o suspeito] em flagrante."

Fonte: 180 Graus

Fla fecha com zagueiro Marcelo por empréstimo até o fim do ano.

Ao fim do contrato, o Flamengo terá direito de compra sobre o jogador de 22 anos.

Negociando com o Flamengo há algumas semanas, o zagueiro Marcelo, ex-Volta Redonda, acertou o empréstimo até o fim do ano com o Rubro-Negro. O clube ainda terá a opção de compra após o fim do vínculo. O jogador, de 22 anos, que chegou a ser apelidado de "Novo Dedé", pertence ao Cianorte (PR). Uma reunião no início da tarde selou a contratação do jogador pelo time da Gávea.

O jogador chegaria para suprir as saídas de Welinton e González e virar mais uma opção dentro do elenco. Ele deve se apresentar ao clube nesta quinta ou sexta-feira, junto com o atacante Arthur, que vem do Londrina. O setor defensivo do Flamengo conta com: Samir, Wallace, Chicão, Erazo, Frauches e Fernando, sendo que um dos dois últimos ainda pode ser emprestado.

Fonte: LANCE

Inclusão ocorre com atraso de pelo menos 13 anos em relação às clínicas particulares e num formato ainda muito acanhado.

Paciente com câncer: acesso será permitido para pacientes com linfoma, com câncer de intestino grosso com lesão hepática e em alguns casos de câncer de pulmão

Brasília - Um exame considerado por médicos como fundamental para o acompanhamento de pacientes que tiveram ou estão com câncer, o PET-CT, passará a ser ofertado no Sistema Único de Saúde. A inclusão ocorre com atraso de pelo menos 13 anos em relação às clínicas particulares e num formato ainda muito acanhado, avaliam sociedades médicas.

O acesso será permitido para pacientes com linfoma, com câncer de intestino grosso com lesão hepática e em alguns casos de câncer de pulmão. Uma lista de opções bem menor do que a ofertada para usuários de planos de saúde. Desde o início do ano, operadoras são obrigadas a garantir o exame para pelo menos oito indicações. Entre elas, casos de câncer de mama, de pele e cabeça e pescoço.

"É o primeiro passo, mas esperávamos mais", afirmou o presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, Celso Ramos. De acordo com ele, um número considerável de estudos demonstram que o uso do PET permite uma economia na área de saúde. "Os tratamentos são mais dirigidos. Evitam-se cirurgias e tratamentos desnecessários e, além disso, o exame traz mais chances de diagnosticar precocemente novos focos de câncer no paciente."

A assessora técnica da Secretaria de Atenção à Saúde, Inez Gadelha, rebate as críticas. "A decisão foi adotada de acordo com critérios rígidos, em evidências que demonstram quais as melhores indicações, com melhores resultados." Inês afirmou não conhecer o rol de procedimentos da ANS.

"O que posso dizer é que nos baseamos nas evidências mais robustas." Ela avalia ainda que sociedades médicas têm tendência de supervalorizar determinados exames de diagnóstico. "São clínicas particulares. É legítimo o interesse mas temos de ser criteriosos."

Público

Pelos cálculos do Ministério da Saúde, 20 mil pacientes serão diretamente beneficiados pelo exame. O investimento com os exames será de R$ 31 milhões anuais. Além de uma indicação acanhada, Ramos disse estar preocupado com a forma de implantação do sistema. Embora o PET de forma geral tenha um impacto positivo na economia, ele é um exame caro.

A dose do radiofármaco usado no teste custa, em média R$ 800. "É preciso garantir que o tratamento seja feito com qualidade. De nada adiantaria pagar pelo procedimento uma quantia baixa se houver uma redução na qualidade do teste", disse. A incorporação do PET no SUS não será imediata. O governo terá até 180 dias para regular como e quando isso será feito.

Fonte: EXAME

A dona de casa Fabiana Amaral Macenas, de 32 anos, não consegue segurar as lágrimas quando se lembra do que viveu no último dia 21 dentro do Shopping Recreio, na Zona Oeste do Rio. A mulher estava com o filho, de um ano e quatro meses, quando foi abordada por um policial militar fardado. O PM havia recebido a denúncia de uma dentista que trabalha no estabelecimento comercial. De acordo com informações passadas ao telefone 190, Fabiana estava em atitude suspeita e poderia ter sequestrado a criança. A dona de casa, no entanto, apenas esperava o marido acabar de pintar uma loja.

"Cheguei no shopping às 10h30. Por volta de 16h, o policial chegou e perguntou se a criança era minha, se eu tinha documentação para provar. Foi muito humilhante e constrangedor. O policial me tratou como se eu fosse um lixo, só porque meu filho não é parecido comigo", lembra. Após explicar que tinha a certidão de nascimento em casa, Fabiana seguiu até a loja onde o marido prestava serviço. "Comecei a chorar e o policial foi atrás de mim. Todo mundo parou para ver. Foi preconceito, discriminação. Só por que eu não estava bem vestida?", desabafa. Enquanto aguardava o marido, a mulher circulou pelo estabelecimento, comprou biscoito num mercado e até amamentou a criança.

Marido de Fabiana, Genivaldo Novaes de Freitas, de 32 anos, ficou revoltado com a situação. "Tenho vergonha de viver no Brasil. Minha esposa foi abordada como se fosse bandida. Meu filho é saudável, estava bem. Todo mundo ficou horrorizado", contou. Após preencher um boletim de ocorrência, o cabo Alexander Pereira Alves, do Batalhão do Recreio, liberou o casal. No documento, o policial afirmou que havia sido acionado para "verificar a presença de uma senhora com uma criança o dia inteiro no mesmo local". O caso foi registrado no Serviço de Atendimento ao Cliente do shopping. Fabiana contou que recebeu um telefone da direção do centro comercial com pedido de desculpas.

Em nota, o Recreio Shopping informou que "repudia qualquer forma de preconceito e é um local de convívio social, aberto para que todos os frequentadores possam passear, comprar e ter momentos de lazer com conforto e segurança". A Polícia Militar ainda não se manifestou sobre a conduta do policial. A dentista que chamou a PM não foi localizada.

Fonte: Rádio Globo
Senador afirmou que não será problema em abrir mão da disputa ao Governo do Estado se o partido decidir que prefere priorizar a reeleição do senador.

Reprodução/ Mano de Carvaho
Cássio Cunha Lima
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), em entrevista exclusiva ao programa Correio Debate, da 98FM, nesta quarta-feira (23), afirmou que a Executiva Estadual decidirá se quer priorizar a eleição de um governador ou de um senador. Ele disse que o partido não está descartando Cícero Lucena, mas que o senador, deixando de disputar a reeleição, pode ser candidato a deputado federal. 

Cássio também admitiu, pela primeira vez, a possibilidade de Ruy Carneiro abrir mão de disputar a reeleição de deputado federal, abdicar a pretensão de ser candidato a vice-governador e ser lançado a deputado estadual. "Essa possibilidade está sendo cogitada. É preciso ter pré-condições de fazer uma campanha. Tudo isso está sendo avaliado. É natural que os partidos procurem somar alianças e ter as coligações e apoio nos municípios. Essa possibilidade não está confirmada, mas não está descartada", afirmou.

O senador afirmou que não será problema em abrir mão da disputa ao Governo do Estado se o partido decidir que prefere priorizar a candidatura à reeleição de Cícero. "Eu não estou fazendo política com o estômago. Faço política com a cabeça. Esse não é uma proposta pessoal, mas um projeto partidário", disse.

Cássio citou casos pelo país de eventuais candidatos à reeleição ao Senado que abriram mão para disputar mandatos de deputado federal, como Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Sérgio Guerra (PMDB-PE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Lembrou ainda que o seu pai, Ronaldo Cunha Lima, teria "uma eleição absolutamente tranquila em 2002 e abrir espaços para disputar mandato de deputado federal, para atrair o DEM de Efraim Morais". 

O senador disse que na reunião da Executiva Nacional do PSDB, nesta terça-feira (22), em Brasília (DF), relatou as consultas aos filiados e as dificuldades de compor aliança e somar tempo de televisão se formar chapa exclusivamente partidária. "Na  instância estadual o PSDB também vai deliberar sobre isso. Já se foi o tempo em que tínhamos hegemonia estadual para deliberar para chapa própria", comentou. "O partido vai deliberar se deseja ter uma candidatura ao Governo ou se prefere uma candidatura ao Senado Federal. As duas, na minha opinião, não têm chances".

Cássio ainda colocou que, em conversas anteriores, o senador Cícero sempre deixou claro que a prioridade seria a candidatura ao Governo e que não seria problema para fazer composição. "De forma legítima, o senador apresenta sua candidatura à reeleição. É preciso analisar as chances reais se ficarmos em um isolamento partidário. Decisão não é minha, mas é a que compete à Executiva Estadual, com crivo da Executiva Nacional", disse. 

Para Cássio Cunha Lima, o PSDB tem que compreender que não pode ocupar as duas vagas na chapa. "É difícil ocupar as duas. Eu não tenho dificuldade nenhuma em seguir as decisões partidárias, se for o caso", frisou. 

Ele também garantiu que não existe decisão sobre definição do seu companheiro de chapa, na condição de candidato a vice-governador. Disse que o nome do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), pode ser analisado, mas não tem definição. "É uma força extraordinária para qualquer posição e está apto a fazê-lo, pelo homem público e pelo trabalho que realizou na Prefeitura de João Pessoa", observou. 

Cássio argumentou que é preciso olhar para as questões práticas da eleição, como tempo de televisão e chances de eleição das bancadas estadual e federal. Ele ainda confirmou as conversas com outras legendas, além do PTB de Wilson Santiago, como o Solidariedade, PSC e Pros. "Somar é uma equação óbvia", concluiu.
Portal Correio
Administradores pretendem liberar arquibancada sombra para o jogo; medida aumentaria capacidade de 8.600 para 13.600 pagantes.

Laércio Ismar
Estádio Amigão
Mais de 13 mil ingressos devem ser disponibilizados para o confronto entre Treze e Vasco, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. O motivo é que a gerência do Estádio Amigão, palco da partida, pretende liberar a arquibancada sombra para o jogo, o que aumentaria a capacidade de 8.600 para 13.600 torcedores. Treze e Vasco se enfrentam na quarta-feira (30).
A diretoria do Treze, no entanto, ainda estuda a possibilidade de realizar o jogo em outra arena esportiva. De acordo com os dirigentes, será mais vantajoso para o clube vender a partida para um “estádio de Copa do Mundo”, já que o Amigão está em obras e o Presidente Vargas, casa dos alvinegros, tem capacidade inferior a 10 mil pagantes.
Apesar do impasse, a hipótese mais provável é que o Amigão receba o confronto. Além de aumentar a capacidade do estádio, a gerência do Amigão quer retirar os andaimes que estão sendo utilizados na reforma. O objetivo, segundo os administradores do local, é melhorar as condições de trabalho da imprensa no dia do jogo. O Ministério Público deve vistoriar o estádio ainda esta semana para só depois autorizar a realização da partida.

Portal Correio




A mais nova pesquisa eleitoral na Paraíba revela sinais de movimentação nas intenções de voto para governador na disputa deste ano. Entre os dias 10 e 14 de abril, o Instituto Múltipla ouviu 1.000 eleitores em todo o Estado e constatou que a diferença entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) caiu para 13 pontos percentuais, registrando leve subida do socialista em comparação com as pesquisas divulgadas recentemente por outros institutos.

Na pesquisa da Múltipla, contratada pelo portal Paraiba.com.br e registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o número 00006/2014, o senador Cássio aparece com 39,40% da intenção de votos e o governador Ricardo Coutinho com 26,40%, na pergunta estimulada. O ex-prefeito Veneziano Vital do Rego, do PMDB, soma 10,20% dos entrevistados.

A parcela do eleitorado que se declarou indecisa atinge 13.80%. Os que disseram que desejam votar em branco ou anular o voto somam 10.20%. A margem de erro é de 3,2%.

O portal Paraíba.com.br divulgará os números pela corrida ao Senado Federal, presidente da República e avaliação do governo.

O Instituto Múltipla está no mercado desde 2009, atuando em Pernambuco, Alagoas, Bahia e Paraíba. 

Paraiba 
Produzido por MVS Designer | Copyright © 2010 - 2014 Portal Araçagi